Qual moeda levar para o Peru?

Ao planejar uma viagem internacional você tem muito o que pensar: onde ir, quando é a melhor época, o que fazer, o que levar, onde ficar hospedado e muito mais… Mas, no seu checklist de planejamento uma questão que não pode ficar de fora é estar atento em qual moeda levar e onde fazer o câmbio para não perder dinheiro, afinal, cada centavo economizado por se transformar em um lembrancinha durante a viagem ou em dias a mais na sua experiência.

Se você pretende embarcar para o Peru, o país milenar dos incas, vai precisar pensar e se organizar em relação ao dinheiro: qual moeda é melhor? Vale a pena usar cartões de crédito? É melhor usar a moeda local, levar dólar ou o real? Calma, sabemos que são muitas dúvidas, mas nós, como especialistas no Peru e Machu Picchu, vamos te ajudar em todos os detalhes, é só continuar lendo! 

Qual é a moeda local peruana? 

A moeda peruana é o Nuevo Soles, também chamada de Nuevo Sol ou simplesmente Soles. Atualmente, o câmbio do real para soles é parecido, o que diferencia é o poder de compra de cada moeda. Falando em câmbio, fazer a troca para soles pode ser mais fácil nas cidades maiores, como capitais, pois a moeda ainda não é tão popularizada. Uma dica importante é que a abreviação da moeda peruana é “S/”, que dependendo da situação pode ser confundida com abreviação do dólar. 

Que moeda levar para o Peru? 

O ideal é levar a maioria do seu dinheiro em dólares americanos, pois essa moeda é aceita em quase todos os estabelecimentos, como hotéis, agência de viagem, restaurantes e até alguns comércios e lojas. Mas preste atenção no estado das notas, pois os peruanos, no geral, preferem notas em bom estado.

Agora vem uma parte que pode te confundir um pouco, pois também recomendamos que se leve um pouco do Nuevo Sole. Sim, apesar do dólar sem super bem aceito, o ideal é que você também tenha na carteira um pouco da moeda local peruana. Dessa forma, você consegue frequentar estabelecimentos que não aceitam moeda estrangeira, que normalmente são comércios menores, lojinhas de souvenirs de viagem, etc.

Se você está se perguntando se vale a pena levar real para o Peru, sinceramente, não é o mais recomendado. O real não tem uma boa cotação nas casas de câmbio e você pode encontrar dificuldade de encontrar locais que aceitem essa moeda, tanto nas casas de câmbio mesmo, quanto no comércio em geral. Só leve real se você não teve tempo de comprar dólares e  Nuevo Sol com antecedência.

Onde fazer o câmbio do real para soles ou dólar? 

Esta é mais uma dica importante, já que tão necessário quanto saber qual moeda levar para o Peru é saber onde e como fazer a troca. Se você tiver tempo, pesquise bastante em casas de câmbio para encontrar uma cotação favorável e peça indicação de locais confiáveis para o seu agente de viagem, para e durante a viagem: só vá em casas de câmbio seguras e recomendadas. Em Lima e em Cusco, os dois polos turísticos do país, é possível encontrar muitos lugares para trocar o seu dinheiro.

Tanto no Peru quanto no Brasil, nunca troque dinheiro no aeroporto, pois ali costumam ter taxas extras e não compensar muito. Também evite trocar dinheiro na rua, mesmo que a pessoa pareça confiável, é normal ouvir histórias não muito boas quando turistas optam pelo câmbio mais informal, podendo ser até perigoso, receber notas falsas ou coisas do tipo. 

Usar cartão de crédito no Peru

Normalmente utilizar cartão de crédito não compensa muito e faz com que o turista acabe gastando mais, simplesmente por cobrarem taxas extras, como o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), e fazerem a conversão da moeda no dia do pagamento, ou seja, pode variar bastante e você só terá certeza de quanto gastou quando chegar a sua fatura todos os meses. Além disso, os estabelecimentos no Peru costumam cobrar taxas a mais para quem decide pagar com cartão de crédito.

Uma alternativa para esse problema, pode ser utilizar um cartão pré pago como o Travel Money, que são cartões de débito internacionais, carregados em dólares. A maioria desse tipo de cartão permite recarga online, via internet, de modo fácil e rápido, debitando o valor em reais de sua conta corrente e convertendo automaticamente para o dólar, no câmbio do dia.

Quanto custa uma viagem para o Peru? 

Antes de tudo, escolher o Peru é uma excelente opção para brasileiros que querem viajar gastando pouco, já que o país é próximo e não tem burocracias. Claro que os valores dependem muito do roteiro escolhido e do seu estilo de viagem, pois o Peru tem opções para todos, de hotéis luxuosos até experiências para aqueles que vão com um valor determinado e precisam economizar em cada detalhe.

Você vai encontrar no Peru excelentes opções gastronômicas, de hospedagem, tours, etc, a preços muito bons, por isso não se preocupe, o Peru é um país barato para viajar

Além das moedas, o que mais é preciso levar para o Peru? 

Arrumar a mala para o Peru pode ser um desafio, pois as temperaturas variam bastante de cada região e da época do ano escolhida. Se você viajar para a região dos andes, onde está localizado Machu Picchu, então a sua mala sempre precisará de casacos mais quentes e acessórios para frio, principalmente se seu roteiro incluir trilhas em grandes altitudes e para a noite, já que as temperaturas diminuem nesse período.

Se você viajar durante a época de chuvas no Peru, que vai de dezembro a março, leve também capa de chuva, jaquetas impermeáveis e sapatos confortáveis. Nesses meses esquenta mais, mas o casaco continua sendo necessário.

Existem alguns itens indispensáveis em qualquer época do ano, são eles: protetor solar, boné ou chapéu, sapatos confortáveis para longas caminhadas, máquina fotográfica para registrar tudo, repelente de insetos (principalmente se você visitar a região de selva), mochila pequena para levar durante os tours, óculos de sol, e garrafa de água para se hidratar. 

Contrate uma agência local especializada:

Para finalizar e garantir uma viagem mais segura e tranquila em todos os aspectos, a maior recomendação é contratar uma agência de viagem para o Peru especializada no país, que tenha equipe local preparada para te atender e passar todas as dicas e informações de viagem.

Dessa forma, você terá suporte antes, durante e depois da sua experiência e evita qualquer tipo de imprevisto, pois terá suporte e apoio 24h por dia durante toda a sua estadia no Peru.

Veja nossos pacotes de viagem para Machu Picchu e outras atrações do país milenar dos incas, acessando nosso site.

Posts Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *